Conheça o clarificante para piscina e aprenda como usá-lo

Para manter a piscina segura e atraente para mergulhos são necessários alguns cuidados. Entre eles, as situações relacionadas à aparência da água. Elas podem provocar impacto, já que os banhistas percebem que alguma coisa está errada.
A água esbranquiçada ou turva é um desses transtornos que assusta os usuários, pois dá a impressão de que a piscina está suja. Mas esse problema pode ser revertido usando um produto específico. Leia nosso post e veja como o clarificante para piscina funciona!

O que é o clarificante para piscina?

O clarificante para piscina é um produto utilizado para efetuar o tratamento físico da água. Ele não tem propriedades de controle sobre parâmetros de alcalinidade e pH, nem pode combater microrganismos.
A função é eliminar a sujeira da água, seja ela orgânica, seja ela inorgânica. Contudo, é aplicado somente em micropartículas, e não em sólidos maiores, como galhos, folhas e insetos, os quais devem ser removidos com a peneira.

Quando ele deve ser usado?

O clarificante deve ser utilizado quando a água apresentar um visual turvo, esbranquiçado ou leitoso. Esses são indícios de que existe sujeira na água. Mas os resíduos são tão minúsculos que se misturam com ela e ficam em suspensão porque têm baixa densidade, ou seja, eles não ficam boiando, nem vão para o fundo.
Pelo fato de os resíduos serem pequenos demais, o filtro não pode retê-los. Assim, o clarificante para piscina ajuda na eliminação dessas partículas melhorando o funcionamento do filtro.

Como ele age sobre a sujeira?

O clarificante torna a sujeira mais densa, reunindo os resíduos em aglomerados mais visíveis. Dessa forma, o filtro consegue reter a sujeira densa, permitindo que a água volte a ficar cristalina.
O clarificante, devido à essa funcionalidade, é chamado também de auxiliar de filtração.

Qual a diferença entre clarificante e decantador?

Pode-se dizer que eles são produtos similares, sendo diferentes apenas na forma como são aplicados. Na decantação, a casa de máquinas é desligada para que a água não fique agitada. Mas na clarificação o filtro se mantém ligado.
O produto recebe a denominação de clarificante quando seu uso é mais limitado, o suficiente para aglutinar os resíduos e formar os aglomerados, facilitando o processo de filtração.
O tratamento mais intenso é feito pelo decantador, pois uma quantidade maior do produto é usada para que os resíduos fiquem tão densos que possam descer e serem aspirados depois de um período.

Qual a forma ideal de aplicar o clarificante?

Felizmente, o clarificante para piscina é um produto fácil de ser aplicado. No rótulo estão contidas todas as instruções necessárias para o uso adequado. Primeiramente, é preciso medir o nível de pH, de alcalinidade e de cloro. Se os níveis não estiverem dentro dos parâmetros, o clarificante pode não surtir os efeitos desejados.
Também é importante utilizar apenas a quantidade necessária do produto, conforme o tamanho da piscina. Essas indicações também constam no rótulo. Convém manter a bomba e o filtro em funcionamento durante o processo, já que a intenção é que as micropartículas aglomeradas sejam submetidas à filtração.
Após usar o produto, deixe-o agir com o filtro funcionando, aproximadamente, por seis horas, a fim de eliminar toda a sujeira. Mas o tempo varia de acordo com o volume de água e com a vazão do filtro.
Geralmente, a piscina fica liberada para uso depois de 12 horas do tratamento feito. O uso semanal do produto é recomendado, mas toda vez que a água se mostrar turva, ele poderá ser aplicado. Se existirem algas na piscina (água muito verde, amarela ou preta), é necessário combatê-las antes, para só depois aplicar o clarificante. Em todo caso, o clarificante para piscina garante um melhor visual, mais higiene uma água pronta para o uso.
Agora que você já sabe mais sobre o clarificante, aproveite e veja também por que sua piscina fica verde!